terça-feira, 10 de maio de 2011

MÃE CRISTÃ..

                    MINISTÉRIO APASCENTAR DE SANTA CRUZ DO SUL
Igreja em Célula

"O que diz a Bíblia sobre ser uma mãe cristã?"

 
Ser mãe é um papel muito importante que o Senhor escolhe para dar a muitas mulheres. Às mães é dito que amem seus filhos em Tito 2:4-5, que diz: “Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos, A serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada.” Em Isaías 49:15a a Bíblia diz: “Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre?” Quando se começa a ser mãe?
Os filhos são presentes do Senhor (Salmos 127:3-5). Em Tito 2:4, aparece a palavra grega “phileoteknos”. Esta palavra representa um tipo especial de “mãe-amor”. A idéia que esta palavra evoca é de “preferir” nossos filhos, “cuidar” deles, “alimentá-los”, “abraçá-los” com amor, “satisfazer suas necessidades”, “amavelmente ser amiga” de cada um como único vindo da mão de Deus. A Escritura nos ordena para que sejamos “mãe-amor” como nossa responsabilidade. A palavra de Deus ordena tanto às mães quanto aos pais para que façam várias coisas na vida de seus filhos, dando:
Disponibilidade – manhã, tarde e noite (Deuteronômio 6:6-7).
Envolvimento – interagindo, colocando pontos de vista, pensando e processando a vida juntos (Efésios 6:4).
Ensinamento – sobre as Escrituras, a visão bíblica do mundo (Salmos 78:5-6, Deuteronômio 4:10, Efésios 6:4).
Treinamento – ajudando o filho a desenvolver habilidades e descobrir seu potencial (Provérbios 22:6).
Disciplina – ensinando o temor do Senhor, ensinando seus limites de forma consistente, amorosa e firme (Efésios 6:4, Hebreus 12:5-11, Provérbios 13:24, 19:18, 22:15, 23:13-14, 29:15-17).
Nutrição – provendo um ambiente de constante apoio verbal, liberdade de falhar, aceitação, afeto e amor incondicional (Tito 2:4, II Timóteo 1:7, Efésios 4:29-32, 5:1-2, Gálatas 5:22, I Pedro 3:8-9).
Exemplo com integridade – vivendo de acordo com o que ensina, sendo um modelo com o qual o filho possa aprender “captando” a essência de um viver piedoso (Deuteronômio 4:9, 15, 23; Provérbios 10:9, 11:3; Salmos 37:18, 37).
A Bíblia nunca ordena que todas as mulheres devam ser mães. Contudo, diz que aquelas que o Senhor abençoa e se tornam mães devem tomar seriamente tal responsabilidade. As mães têm um papel único e crucialmente importante nas vidas de seus filhos. A maternidade não é um trabalho ou tarefa desagradável. Da mesma forma com que uma mãe gera seu filho durante a gravidez, e da mesma forma com que a mãe alimenta e cuida de seu filho durante a infância, as mães têm também um papel constante na vida de seus filhos, adolescentes, jovens adultos e até filhos completamente adultos. Enquanto o papel da maternidade deve se transformar e se desenvolver, o amor, cuidado, educação e encorajamento que uma mãe dá nunca devem terminar.
MÃE CRISTÃ Texto de 1 Sm 1/10ª11.
Desejamos ser pessoas que andam corretamente diante de Deus, como fazer isto sendo mãe.
Muitas mulheres na Bílbia podem ser exemplo disto, um grande exemplo é Ana, mãe de Samuel.
A mãe cristã, que serve e teme a Deus:
Mãe cristã:
É AQUELA QUE é DEPENDENTE DE DEUS V.10 E 11
- A dificuldade de Ana era grande e aos nossos olhos intransponível, mas ela fez o que lhe era mais adequado. Colocou tudo na mão de Deus, o único que para ela era capaz de suprir sua necessidade.
- A mãe cristã é aquela que sabe que pode ter várias formas ou ações para resolver seus problemas, mas o único que pode lhe dar a resposta definitiva e certa é Deus.
- A mãe que serve e teme ao Senhor se coloca sempre diante de Deus, ainda que seja necessário humilhar-se, e mesmo que seja mal entendida pelos outros, pois vive na dependência de Deus em todas as coisas.
Mãe cristã:
 É AQUELA QUE É SEMPRE FIEL A DEUS 1 Samuel 1/22e23.
- Ainda que tenha que abrir mão de bênçãos ela cumpre seus votos, COM uma conduta de fidelidade;Samuel era sua bênção mas Ana o dedicou e entregou ao Senhor, cumprindo sua promessa.
Sua fidelidade é resultado de sua consciência de Depender de Deus e Lhe ser fiel é a resposta a sua benção e de sua famiília.
Mãe cristã:
 É AQUELA QUE É DESPREENDIDA 1 Samuel 1/28.
- o menino era seu maior tesouro, era o objeto principal de seu desejo.
Era o motivo de não ser mais despresada. No entanto ela entende que o que ela tem não lhe pertence mas vem e é de Deus.
Mesmo porque ela sabe que que dedicar seu filho e sua vida a Deus é mais que
despreendimento é corresponder ao amor Deus derramado em nossas vidas.
Mãe cristã:
 É AQUELA QUE TEM UMA VIDA DE ADORAÇÃO 1 Samuel 1/24a28.
- Ela não busca ao Senhor somente na angústia e na necessidade; mas lembra de requerer perdão e adorar na bênção. Ela adora a Deus não apenas pelas circunstâncias ou para satisfação de de suas necessidades e desejos, mas porque reconhece a grandiosidade de Deus.
- E não adora apenas de modo individual, mas leva seu próprio filho para adorar.
E não adora só em palavras, mas em ação de profundo amor a Deus, pois entrega seu filho a Deus como forma de adoração.
Certa vez ouvi um testemunho de uma mulher que num dia a noite, no jantar, tendo apenas três batatas para jantar com seus três filhos, pôs a mesa e diante de seus filhos orou agradecendo a Deus por eles, por seu jantar, de três batatas e adorou a Deus pelo cuidado que Ele tinha por sua família. Naquela noite ela teve um sonho onde Deus a mandava a um grande supermercado
e determinava que ela fizesse compras e depois se dirigisse ao o caixa Nr 10. Mas com medo e sem dinheiro, obedeceu. No dia seguinte foi ao supermercado, encheu um carrinho com as compras,foi ao caixa 10, que estava com a placa de caixa fechado. Enquanto esperava ali, orava a Deus para vencer sua preocupação e medo. Então ouviu no autofalante do Supermercado a seguinte mensagem:
- Hoje estamos fazendo dez anos, estamos com uma promoção, a primeira pessoa que chegar no caixa 10 terá todas as suas compras passadas gratuitamente.
Louvamos a Deus por nossas mães e rogamos que todas possam ser mulheres que vivam uma vida de dependência, fidelidade, despreendimento e adorção diante de Deus.
E com isso sejam exemplos e influenciem não só na família mas em toda a igreja de Cristo e em nossa sociedade.
Amém...
Pr. Sergio L. Fischborn.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário